Dicas para escolher o melhor e-reader para você

Um pergunta recorrente que os leitores enviam para o Vida Sem Papel é para saber qual é o melhor e-reader. O problema é que eu poderia até responder esta pergunta com base na minha opinião pessoal, mas na prática eu estaria ajudando muito pouco o leitor, e talvez até atrapalhando, se minha resposta o levar a comprar um e-reader que não é adequado para ele.

Por isso, resolvi escrever este post onde eu já adianto que não vou responder a pergunta “qual é o melhor e-reader?”, mas vou tentar te ajudar que você mesmo encontre a resposta para uma pergunta muito mais importante: “qual é o melhor e-reader para você?”.

Você precisa mesmo de um e-reader?

Antes de discutir os pontos importantes para ajudá-lo a escolher o melhor e-reader para você, eu quero que você pense se de fato um e-reader é o que você precisa e que vai atender suas necessidades.

Eu digo isso pois eu vejo muitos leitores que enviam perguntas sobre e-readers, mas que precisam fazer muito mais do que um e-reader oferece. Neste caso, a melhor opção seria um tablet e não um e-reader. Em alguns casos, nem tablet, teria que ser um notebook mesmo.

A primeira coisa que eu quero deixar claro para você é que o propósito do e-reader é substituir o livro de papel. É isso. Não é acessar a Internet, não é enviar emails, não é ver fotos, embora você até possa fazer isso, com dificuldades. Mas se você quer comprar um e-reader para isso, então eu recomendo a você que comece a avaliar um tablet ou notebook.

Quando eu comprei meu Kindle, eu já possuía um iPad, e eu lia livros nele com a app do Kindle. Mas mesmo assim eu comprei um Kindle. Você pode se perguntar por que eu fiz isso, mas é justamente pelo motivo que eu quero deixar claro para você: tablet é uma coisa, e-reader é outra.

O tablet me permitia ler ebooks também, mas depois de algum tempo a tela começava a me incomodar. O Kindle (o e-reader, não o Kindle Fire) é como ter um livro de papel dentro de um dispositivo eletrônico. Para mim, ele tem a maior parte das vantagens dos dois mundos.

Se você quiser ir mais a fundo nesta questão de tablet e e-reader, leia o post Qual é melhor para você, o Kindle ou um tablet?, pois este não é o foco deste artigo. Eu resolvi começar por isso só para te direcionar no caminho certo se for este o seu caso.

A pergunta chave aqui é: você quer ler livros usando a melhor tecnologia disponível para isso? Se sim, então o e-reader é para você. Vamos em frente.

Avalie as livrarias

Se você já comprou computadores ou notebooks, provavelmente você irá começar a pesquisar para escolher seu e-reader vendo as características técnicas de cada um. Na minha opinião, eu deixaria isso para uma segunda etapa. Pois quando você escolher seu e-reader, você também estará escolhendo a loja onde comprará seus ebooks e que te prestará serviço.

Em outras palavras, se você comprar um Kindle, estará levando com ele a Amazon, pois ele só suporta o DRM desta loja. Se comprar um Kobo, estamos falando em Livraria Cultura e Kobo Books, e também de outras lojas que suportem o DRM da Adobe. Em termos de Lev, estamos falando da Saraiva. Em termos de Nook, estamos falando da Barnes & Noble americana, e assim por diante.

Na minha experiência, esta decisão é a mais importante a ser tomada para a maioria das pessoas. Por isso, minha sugestão é que você comece avaliando as livrarias.

Acervo

A primeira questão a ser considerada é o acervo de ebooks das lojas em questão, porque que você comprará ebooks nos acervos destas lojas – isso sem considerar pirataria (que eu sou contra) e os ebooks que você já possui.

Por exemplo, se você estuda ou trabalha numa determinada área e deseja adquirir ebooks desta área, pesquise primeiro os acervos de cada loja para ver as opções que você terá. Se você tem um hobby e quer adquirir títulos sobre isso, pesquise se os encontra nas lojas que está avaliando. Se você gosta de determinados autores, pesquise também.

Não esqueça de, além de checar a disponibilidade de títulos, comparar os preços. Este é um excelente tópico, e eu já escrevi um post comparando os preços nas principais lojas de ebooks do Brasil.

Vale lembrar que, se você lê ebooks em outras línguas além do Português, pesquise títulos nesta língua também.

Embora não seja essencial para a maioria dos leitores, eu sugiro neste ponto você também avaliar se a loja em questão costuma oferecer promoções, como são os descontos, quais títulos costumam entrar em promoção, etc.

Serviços de apoio à leitura

Também é importante entender como funcionam as lojas, que serviços cada uma oferece que irá melhorar sua experiência de leitura.

Um exemplo é que praticamente todas permitem que você compre um ebook no próprio e-reader e já o baixe para ler em seguida. Muito prático. Já fiz isso várias vezes 😉

Outro exemplo: a maioria das lojas permite que suas anotações, destaques e marcadores sejam sincronizados com um serviço que ela oferece, que permitirá que estes dados sejam salvos fora do e-reader (assim, se algo acontecer com ele, você ainda terá estes dados), e também permite que estes dados sejam sincronizados com apps para smartphones, tablets e computadores.

Desta forma, você poderá continuar sua leitura em outro dispositivo se seu e-reader não estiver à mão. Ou, em outro exemplo, você poderá ter acesso às suas anotações no seu computador se quiser revê-las na tela maior para estudar.

O melhor jeito de testar estes serviços é instalar a app da livraria e baixar alguns ebooks gratuitos, e ver como tudo funciona. A app geralmente dá uma boa ideia de como estes serviços funcionam no e-reader, por isso eu recomendo fortemente que você faça este teste.

No post 10 apps para ler ebooks no seu tablet ou smartphone, você encontrará links para instalar a maior parte das apps de livrarias que vendem e-readers, e também links para baixar ebooks gratuitos para testá-las.

Suporte

Muita gente não percebe a importância do suporte pós-venda até precisar dele. Se você tiver alguma dúvida, inclusive durante o período de avaliação (afinal, você já estará usando a app e poderá ter dúvidas bem específicas), envie suas dúvidas para o suporte oficial da livraria que vende o e-reader.

Verifique o quão fácil ou difícil é de acessar este suporte, quanto tempo demoram para responder, a qualidade da resposta.

Aqui também vale a pena checar como funciona o reembolso de uma compra, se existe, e como é fornecido. Por exemplo, o que acontece se você comprar um ebook e descobrir nas primeiras páginas que ele está mal formatado ou que não era o que você esperava, você consegue devolvê-lo?

Avalie os e-readers

Agora sim, vamos avaliar os e-readers. Pode ser que ao avaliar as livrarias você já tenha descartado completamente ou já praticamente escolhido uma opção, mas é importante avaliar os e-readers e tomar uma decisão considerando todos os fatores.

Você pode começar comparando as características de cada e-reader, sempre considerando o que é importante para você. Para te ajudar a começar, veja o post que eu publiquei comparando as características do Kindle, Kobo e Lev.

Enfatizo que nesta avaliação também é importante considerar o melhor e-reader para você, ou seja, não precisa ser o mais caro, ou o que tem mais recursos (ele pode ter muitos recursos mas não ter aquilo que você precisa), mas sim aquele que atende melhor as suas necessidades.

Vou citar alguns exemplos nos tópicos a seguir.

Formatos de ebooks suportados

Se você pretende ler ebooks pessoais (aqueles que você já possui), é importante verificar se os e-readers suportam os formatos dos ebooks que você já possui. Lembrando que você poderá convertê-los de formato se necessário (se não tiver DRM), mas é importante considerar se você estará disposto a executar esta tarefa a mais.

Neste caso de formatos de arquivos, você não precisa escolher o que suporta mais formatos, mas aquele que será mais conveniente para você. Por exemplo, eu tenho um Kindle, que é criticado por não suportar o formato EPUB. Mas até hoje, eu só precisei converter dois arquivos que eu recebi neste formato e que eu quis ler. Então para mim, pessoalmente, isso não é um problema. Mas pode ser para alguém que tenha centenas de arquivos neste formato, aí esta questão pode ser mais crítica.

Com luz ou sem luz?

Avalie também se, com base nos seus hábitos de leitura, você precisa de um e-reader com luz embutida ou não. Você costuma ler em ambientes sem luz? Você tem facilidade para iluminar o e-reader, se necessário, ou precisa que ele já tenha esta funcionalidade?

Eu, por exemplo, gosto de ler a noite, mas tenho um abajur ao lado da cama, então para mim a luz no dispositivo não é imprescindível.

Preço

O preço também é um fator importante, mas infelizmente no Brasil as lojas praticamente tabelam os preços dos e-readers. Mas se encontrar uma promoção, pode ser que isso mude algo a favor de um e-reader ou de outro, então fique ligado nas lojas que vendem e-readers, você pode até se inscrever para receber emails com as promoções delas.

Outros fatores

Outra coisa que você pode tentar fazer é ter um contato “pessoal” com estes e-readers. Veja se há lojas físicas que o vendem que sejam acessíveis para você, veja se algum amigo ou conhecido seu possui um para você ver de perto, etc.

Isso te ajudará a avaliar fatores como a qualidade da tela e do touch (se for tela de toque), facilidade de manuseio, se ele é agradável para segurar ou se você fica com dificuldades para posicionar sua mão enquanto lê, coisas assim.

Procure outras avaliações

Você pode também pesquisar vídeos no YouTube de avaliações dos e-readers. Ali você poderá vê-los em ação, e terá uma ideia melhor de como eles funcionam. E também verá os comentários das pessoas que estão fazendo as avaliações.

Mas use as informações em si com precaução: pode ser que a pessoa goste mais de um determinado dispositivo, e irá dar mais ênfase no que ele tem de bom. Por isso, procure checar mais de uma avaliação de cada e-reader.

Veja também os comentários dos compradores nas próprias lojas onde os e-readers são vendidos e no site do Reclame Aqui. Lembrando que todo produto tem casos de problema, então um ou outro caso pode até acontecer, mas quando isso se torna frequente, é um fator de preocupação.

Nestes casos, considere sempre a data do comentário (se for muito antigo, pode se tratar de algum problema que a empresa já corrigiu ou de algum modelo que não é mais vendido), da natureza do problema (por exemplo, um atraso de entrega é um problema da loja em questão, não do e-reader em si) e a resposta da empresa, se for o caso.

O melhor e-reader

Eu acredito que se você avaliar todos os fatores que eu descrevi neste post, você poderá tomar uma decisão mais embasada de qual é o melhor e-reader para você.

Alguns fatores serão mais críticos do que outros para você, então é importante adaptar esta lista e colocar pesos em cada fator que você está considerando.

Eu não quero que você desanime, pois pode ser que sua avaliação aconteça bem rápido. No meu caso, por exemplo, quando eu decidi comprar um e-reader, eu já tinha centenas de ebooks comprados na Amazon, que eu lia no meu iPad. Eu não queria perder todos estes ebooks, e a princípio eu não queria ter que remover DRM e converter os arquivos.

Além disso, uma rápida avaliação dos acervos das livrarias da época me levaram a escolher a Amazon – eu leio ebooks em inglês, e os preços e acervo da Amazon são imbatíveis, e na época era a única loja americana que me permitia comprar ebooks com meu cartão de crédito do Brasil. Na verdade, eu escolhi o Kindle antes mesmo de analisar os e-readers. Aí foi só escolher o modelo.

Para você, os fatores críticos muito provavelmente serão diferentes. Então leve estes fatores em conta. Considere seus hábitos de leitura, não os das outras pessoas. Faça esta avaliação com base naquilo que você precisa, para ter a melhor resposta para você.

Se você já possui um e-reader, faça um comentário sobre o que gosta e o que não gosta nele, quais fatores te levaram a comprá-lo, se hoje você compraria outro modelo/e-reader. Tenho certeza que isso ajudará muito os outros leitores que estão tomando sua decisão, e eu agradeço!

Autor: Cristiane Ferreira

Cristiane Ferreira trabalha há 24 anos com Tecnologia da Informação, principalmente na área de Internet. Ela curte tecnologia e gosta muito de escrever, e também gosta de ajudar as pessoas a navegar no mundo dos eletrônicos e Internet.

Compartilhe este artigo no
POR 228x90

193 Comentários

  1. Olá, Cris e todos,
    Acredito ser importante avaliar os recursos de leitura, destaque e anotações dos dispositivos. Esse é mais um fator que me leva a usar o Kindle reader em todos os dispositivos que tenho, seja o próprio ereader, smartphone, tablet ou notebook. Se o livro é epub, eu converto para mobi. Muito livros já são lançados nas duas extensões e podem ser comprados da Amazon ou de outra livraria (epub). O kindle permite destacar trechos, consultar tradução e explicações na internet, fazer anotações, leitura em áudio e muitos outros recursos que o Lev não tem e o Kobo tem de modo incipiente. PAra quem lê profissionalmente, é o Kindle mesmo. O modelo é uma questão de outros critérios.

    Envie uma resposta
  2. Tenho um Kindle desde 2013 e não me arrependo, é um excelente dispositivo e a loja da Amazon só melhora!
    Lembro que no começo a oferta de e-Books era escassa e os preços exorbitantes (muitas vezes até mais caro que os livros de papel).
    O que me atraiu, a princípio, foi a solidez do serviço da Amazon e o grande diferencial do “Send to Kindle”. Uso o plugin no Chrome e um app no Android para enviar alguns textos que encontro na internet.
    Pode até parecer inútil, porém sempre acabo me deparando com uma matéria (ou artigo) interessante que naquela hora não tenho tempo ou não estou com vontade de ler. Com este recurso, eu simplesmente mando para o meu Kindle e posso ler com calma depois…
    Recentemente, comprei um livro no Google Play e foi um pouco complicado transferi-lo para minha conta da Amazon (por conta do DRM). Foi uma experiência isolada, mas serviu para me mostrar a importância de escolher uma plataforma e permanecer nela!

    Envie uma resposta
    • Ismael, muito obrigada por compartilhar sua experiência com o Kindle, sei que será útil para muitos leitores.
      Abraços!

      Envie uma resposta
  3. O software do Kindle fica atualizando como no LeV? Ou vai ser essa versão sempre?

    Envie uma resposta
  4. Estou paquerando a compra de um e-reader há muito tempo. E após o seu post maravilhoso – porque me ajudou a estabelecer os pontos que farão a diferença para mim – vi que não preciso de um com memória expansiva pois não ligo de apagar livros já lidos, sem iluminação porque não leio no escuro, preciso de um que leia pdf (o que é DRM?). Não preciso de um kindle, o app veio instalado no cel e me faz feliz. Meu cel tem 5.5 de polegada e já faz um bom trabalho mas quero que seja maior e eu possa manter minha base anual tranquila, média de 500 livros por ano, em dezembro nunca lembro qual foi o primeiro livro lido. Ahh e o preço conta muito. Preciso de ajuda para escolher!

    Envie uma resposta
  5. Cris, tenho um kobo mini há 3 anos quando lançou e adoro ler nele. No entanto, preciso comprar outro porque este não tem iluminação de tela. Meus livros são todos epub. Se avaliasse pelo preço, compraria um Kindle. Se avaliasse pelo conhecimento do produto compraria outro kobo e não teria que converter os livros para outro formato mas está bem caro. Vi um LEV mas não gostei muito. Qual é sua recomendação neste caso? Obrigada.

    Envie uma resposta
  6. eu tenho uma dúvida…é possível editar (no sentido de grifar) textos de pdf lidos e salvar as edições?

    Envie uma resposta
  7. Olha de todas as opiniões que eu vi , a sua é a mais volta realmente para cada tipo de pessoa . Gostei mto do q você falo , me fez coloca na balança mto muita mais que os vídeos e as pessoas explicando. Muito obrigada , continui assim 🙂

    Envie uma resposta
  8. Cris, vc sabe qual o formato usado pelos e-books da Saraiva? Ele não é compatível com o Kindle né? Eu estou querende adquirir um e-reader, mas ainda não sei qual. Por tudo que vi, principalmente aqui no seu site, estou preferindo o Kindle. Mas gostaria de saber se podemos converter sem problema os ebooks da saraiva e do ibooks para ler no Kindle. E quanto ao tamanho? Pelo que vi o Lev e o Kindle são bem parecidos né? Vc que já teve os dois, o q me diz, não são muito pequenos? Eu sou muitooo detalhista, e fico imaginando que não vou conseguir ver no reader a página como ela é no livro em papel. Imagino que ficaria meio quebrada. O que vc acha desse detalhe? E a visualização nos e-readers é colorida como usar o aplicativo no iPhone, em algum lugar tive a impressão de ver uma imagem em preto e branco. Aguardo ansiosa tua resposta. Obrigada, Cris. =)

    Envie uma resposta
  9. Oi! Eu gostaria de saber até que tamanho de fonte chega o leitor digital, uma vez que sou uma pessoa com baixa visão precisaria ter uma fonte de letra equivalente a “ariel 20”, pois do contraria vou ter problemas para ler. Obrigada!

    Envie uma resposta
  10. Oi Cris,

    Sou novo por aqui e estou pensando em comprar um e-reader. Estou apenas começando a querer entender o assunto. A questão do DRM me surpreendeu um pouco. Foi meio impactante e estou digerindo isto ainda. Mas tenho uma perguntas básicas de iniciante bem iniciante:
    – Caso eu tenha centenas de livros em um e-reader e este for roubado, perdido ou quebrado significa que terei perdido não só o aparelho mas também todos os e-books, já que não se pode sequer passar o arquivo para outro e-reader do mesmo fabricante?
    – Caso eu chegue no limite de memória do e-reader e tenha que “abrir espaço” apagando alguns livros, continuo tendo direito a carregá-lo novamente quando eu quiser?
    – Acontece de uma loja possuir um determinado livro em papel, mas não na forma digital. Ou ainda a forma digital ser exclusiva de uma só loja?
    Desde já agradeço a compreensão pelas perguntas de um novato no assunto.

    Envie uma resposta
    • Vou responder do kindle pois é o e-reder que tenho não sei se aplica-se aos outros.

      – Caso eu tenha centenas de livros em um e-reader e este for roubado, perdido ou quebrado significa que terei perdido não só o aparelho mas também todos os e-books, já que não se pode sequer passar o arquivo para outro e-reader do mesmo fabricante?

      Se o livro que você tem foi comprado pelo site da amazon,(ou pirata se estiver no seu email kindle) você tem uma nuvem(tipo google drive) que sincroniza todos livros comprados com o seu dispositivo, então você pode acessar seus livros de qualquer dispositivo que tenha acesso à internet e o aplicativo do kindle(depois que baixa o livros você pode acessar offline mesmo), um ipad, no computador etc.

      – Caso eu chegue no limite de memória do e-reader e tenha que “abrir espaço” apagando alguns livros, continuo tendo direito a carregá-lo novamente quando eu quiser?

      Sim, se você colocar o asquivo na nuvem mesmo que seja um livro pirata você pode baixa-lo a qualquer instante.

      – Acontece de uma loja possuir um determinado livro em papel, mas não na forma digital. Ou ainda a forma digital ser exclusiva de uma só loja?

      Sim acontece, pois tem livros que pra digitalizar dá muito trabalho, por exemplo livro com muitas notas e etc.
      acho que a forma digital ser exclusiva de uma loja(não tenho certeza) não tem muito como, pq você pode comprar o livro e converte-lo em outro formato.Mas só uma livraria vender ele entende?

      Bom comprei o kindle e não leio muito ultimamente tenho só lido a Biblia e não me arrependi é bem util para fazer estudo com o sistema de marcar pagina, anotações notas etc…

      Envie uma resposta
      • Só agora recebi um e-mail com as suas respostas. Muito obrigado.

        Envie uma resposta
  11. Olá Cris eu tenho um Kindle faz mais ou menos 3 anos e amo, nunca tive nenhum problema com ele. Tenho uns 1000 livos nele Rss e tem mais espaço.
    Você falou que o Kindle tem o problema de aceitar somente livros da amazon mas não é verdade. Eu tenho vários livros baixados no formato PDF que mando pelo e-mail e tem a opção de convet e o livro já chega convertido no formato desejado.
    Isso é o que mais gosto no kindle, mandar livro por e-mail, eu baixo pelo celular e mando dele mesmo direto pro Kindle por e-mail sem precisa de cabo USB.

    Envie uma resposta
    • Jeane, estou para comprar um Kindle. Vou precisar das suas dicas para baixar livros e enviar para o Kindle. Só não tinha comprado ainda pq tinha essa dúvida. Claro q se vc puder me ajudar. Meu email é:
      marcelioribeiro.39@gmail.com

      Envie uma resposta
  12. Muito bom o artigo, já deu uma grande ajuda. Muito obrigado!

    Envie uma resposta
  13. Cris, existe no Brasil alguma loja física ou site que venda essas telas e ink? eu gostaria de tentar usar essa tela num estudo e, se der certo, talvez se torne o tema da minha monografia. desde já, obrigado.

    Envie uma resposta

Participe e faça seu comentário